Brincar ao ar livre faz bem!

É através do brincar que as crianças desenvolvem parte das suas aprendizagens em inúmeros domínios, como o cognitivo, físico e sócio emocional. Brincar é sem dúvida, sinônimo de crescer, uma vez que é um momento privilegiado onde a criança aprende a conhecer o mundo, explorando aquilo que a rodeia.

As brincadeiras dentro e fora de casa se completam e são igualmente importantes para o desenvolvimento das crianças. Mas tem algo que só o ambiente externo pode proporcionar: a integração com o espaço natural.

Para 63% dos pais brasileiros, os filhos têm hoje menos oportunidades para brincar do que eles tiveram na infância. No Brasil, 40% das crianças brincam ao ar livre uma hora ou menos em dias comuns. E 6% delas nunca brincam ao ar livre em dias comuns.

Com um tempo menor para as brincadeiras e com a introdução cada vez mais cedo das telinhas, como a TV, o computador e o vídeo game, os pequenos acabam desestimulados a experimentar outros tipos de atividades que envolvam o contato com o mundo real, ou seja, a partir de brincadeiras ao ar livre e da natureza.

Levar os filhos para curtir atividades em espaços abertos é uma maneira de oferecer a eles uma oportunidade de interação tripla: com o próprio corpo, com a família e com o ambiente ao redor.
Brincar ao ar livre é uma atividade viável para quem mora em grandes metrópoles, já que a natureza pode ser encontrada em diversos lugares na cidade: nos quintais das casas, nos espaços comuns das escolas, nos playgrounds, nos condomínios, além das praças, clubes e outros espaços públicos. E os pequenos podem andar de bicicleta, brincar de esconde-esconde no parque e também subir em árvores!

É importante andar na areia, na grama, na terra e no chão duro, sentir como todas essas superfícies são diferentes. E também reparar em nuances na luminosidade do dia, que varia de manhãzinha, na hora do almoço e ao entardecer.

Vale conversar com a criança sobre tudo o que há no lugar: animais, plantas e objetos. Em um sítio, por exemplo, dá para repetir os sons dos bichos e alimentá-los e deixar as crianças colherem frutas de árvores. Na praia, vocês podem fazer castelos e desenhos na areia.


Experiências como essas são fundamentais para o desenvolvimento infantil. Antes de tudo, há os benefícios para o corpo, que vão muito além das vantagens mais óbvias, como tomar sol (em horários adequados) e exercitar-se. Quando brinca ao ar livre, seu filho se move com mais liberdade, conhece a si mesmo, testa velocidades e distâncias.
Sem contar a força extra que o sistema imunológico ganha com os inevitáveis arranhões e o contato com as bactérias presentes no ambiente.


Fonte: http://revistacrescer.globo.com/Brincar-e-preciso/noticia/2015/02/brincar-ao-ar-livre-faz-bem.html
http://maternar.blogfolha.uol.com.br/2016/04/14/metade-dos-pais-nao-tem-tempo-para-brincar-ao-ar-livre-com-filhos/
http://bdebrincar.com/index.php?route=phpblog/blog&id=63
https://www.omo.com.br/desenvolvimento-infantil/brincadeiras-ao-ar-livre-sao-fundamentais-ao-desenvolvimento/

Veja Todas as Notícias


   << Voltar

NOTÍCIAS

+

Aprimoramento Contínuo

Aprimorar-se continuamente faz parte da infindável evolução do ser humano! Nosso encontro de professores do fundamental 1 para fechamento do semestre trouxe reflexões sobre as metodologias aplicadas e uma apresentação da professora Cris Marsi so...

+

Teatro em Inglês

Depois de um grande desafio vem um grande salto evolutivo! Para treinar o idioma Inglês, nossos alunos de oitavo ano encenaram e praticaram o vocabulário com cenas do cotidiano. Entre as cenas escolhidas estão: comprar ingresso no cinema, uma passagem de ônibus...

+

Relaxamento - Integral

Trabalhar a concentração, equilíbrio emocional, percepção dos espaços, do corpo, das sensações, além do estado de presença, é algo que pode ser trabalhado desde cedo! A percepção sobre esses aspec...

+

Vulcão: A Experiência

A melhor maneira de explicar algo que não conseguimos ver facilmente é simulando na prática! Além do conhecimento ser assimilado por associação aos momentos positivos de socialização, outros estímulos são alcançados e tr...

+

Corpo e Nutrição

Você sabe exatamente o que come ou bebe? Já pensou que em uma caixinha de néctar (em embalagem de "suco") há mais açúcar do que a quantidade recomendada para um adulto consumir em um dia inteiro? Como o assunto dos projetos do quinto an...