Exposição o Pós-Impressionismo/ CCBB

Centro Cultural Banco do Brasil  CCBB abre exposição. 

ACERVO DO MUSÉE D’ORSAY E DO MUSÉE DE L’ORANGERIE, EM

MOSTRA INÉDITA NO CCBB A EXPOSIÇÃO O TRIUNFO DA COR. O PÓS-IMPRESSIONISMO TRAZ AO PAÍS OBRAS DE VAN GOGH, GAUGUIN, TOULOUSE-LAUTREC, SEURAT, ENTRE OUTROS ARTISTAS DO PÓS-IMPRESSIONISMO, DANDO CONTINUIDADE AO SUCESSO DE IMPRESSIONISMO: PARIS E A

MODERNIDADE 

A Fundación MAPFRE e o Musée d’Orsay, em parceria com o Centro Cultural Banco do Brasil, trazem ao país os mestres do pós-impressionismo. 

O triunfo da cor.

O pósimpressionismo:

Obras-primas do Musée d’Orsay e do Musée de l’Orangerie apresenta 75 obras de 32 artistas que, a partir do fim do século XIX, buscaram novos caminhos para a pintura. A exposição será inaugurada no CCBB São Paulo, onde fica em cartaz de 4 de maio a 7 de julho.

 A curadoria da exposição é assinada pelo presidente do Musée d’Orsay, Guy Cogeval, pelo diretor cultural da Fundácion MAPFRE, Pablo Jiménez Burillo, e pela curadora do Musée d’Orsay, Isabelle Cahn.

A exposição apresenta obras-primas de uma geração de artistas que sucede aos impressionistas, e que recebe do crítico inglês Roger Fry a designação de pós impressionista.

São obras de nomes como Van Gogh, Gauguin, Toulouse-Lautrec,Cézanne, Seurat e Matisse, grandes mestres da pintura moderna, que promoveram uma verdadeira revolução estética por meio do uso da cor.

Paris e a modernidade – Obras primas do Musée d’Orsay, consagrada como a terceira mostra mais visitada no mundo no ano de 2012, representando um marco na formação de público e uma oportunidade única de contato com obras emblemáticas do patrimônio mundial.

O Triunfo da Cor se organiza em 4 módulos, que apresentam os 75 trabalhos provenientes dos museus d’Orsay e de l’Orangerie, ambos sediados em Paris.

 

A COR CIENTÍFICA (MÓDULO 1)

O módulo apresenta uma seleção de obras de artistas motivados pelos estudos desenvolvidos pelo cientista Michel Eugene Chevreul sobre a técnica neoimpressionista de aplicar na tela pontos justapostos de cores primárias. O olho do espectador passa a recompor à distância a aplicação do pontilhado das cores complementares e contrastantes. Seurat, expoente do pontilhismo, influencia também Van Gogh, que desembarca em Paris em 1886 e que, sob o efeito imediato do contato com a pintura moderna parisiense, passa a utilizar uma paleta de cores vivas.

 

NO NÚCLEO MISTERIOSO DO PENSAMENTO. GAUGUIN E A ESCOLA DE PONT-AVEN (MÓDULO 2)

O módulo inclui uma série de obras que refletem a pesquisa realizada por Paul Gauguin e Émile Bernard a partir de uma pintura sintética, marcada pela presença do desenho nos contornos e nas silhuetas, valendo-se de cores simbólicas. A pintura passa a refletir um mundo interior, poético e espiritual. Gauguin confere à cor o papel revelador de uma dimensão simbólica da pintura e é ele o mentor de um grupo de artistas apresentados neste módulo.

 

OS NABIS, PROFETAS DE UMA NOVA ARTE (MÓDULO 3)

O módulo tem como tema a ideologia estética do grupo de artistas que se definiu como profetas de uma arte nova e defendeu a origem espiritual da arte, fazendo uso da cor como um elemento transmissor dos estados de espírito. Entre os nabis, artistas como Maurice Denis, Vuillard, Maillol e Vallotton revelam uma paixão por temas da vida cotidiana e por uma dimensão misteriosa e sobrenatural que a cor confere a sua pintura.

 

A COR EM LIBERDADE (MÓDULO 4)

Este módulo apresenta, por um lado, obras de artistas do final do século XIX, como Cézanne, que busca inspiração na Provence, e Paul Gauguin, que parte para o Taiti e se inspira na natureza tropical, além de obras de jovens artistas do início do século XX, que compartilhavam o gosto por uma composição ornamental em que a cor assume o protagonismo.

O triunfo da cor é mais um capítulo de uma trajetória bem-sucedida do CCBB de formação contínua de público no Brasil por meio da apresentação de exposições históricas sobre a arte moderna, dentre elas, a mostra Impressionismo: Paris e a modernidade. Com O triunfo da cor, que reúne obras criadas a partir da influência do movimento impressionista, o público terá a oportunidade de conhecer e vivenciar ícones de um momento relevante da história da arte.

Veja Todas as Notícias


   << Voltar

NOTÍCIAS

+

Aprimoramento Contínuo

Aprimorar-se continuamente faz parte da infindável evolução do ser humano! Nosso encontro de professores do fundamental 1 para fechamento do semestre trouxe reflexões sobre as metodologias aplicadas e uma apresentação da professora Cris Marsi so...

+

Teatro em Inglês

Depois de um grande desafio vem um grande salto evolutivo! Para treinar o idioma Inglês, nossos alunos de oitavo ano encenaram e praticaram o vocabulário com cenas do cotidiano. Entre as cenas escolhidas estão: comprar ingresso no cinema, uma passagem de ônibus...

+

Relaxamento - Integral

Trabalhar a concentração, equilíbrio emocional, percepção dos espaços, do corpo, das sensações, além do estado de presença, é algo que pode ser trabalhado desde cedo! A percepção sobre esses aspec...

+

Vulcão: A Experiência

A melhor maneira de explicar algo que não conseguimos ver facilmente é simulando na prática! Além do conhecimento ser assimilado por associação aos momentos positivos de socialização, outros estímulos são alcançados e tr...

+

Corpo e Nutrição

Você sabe exatamente o que come ou bebe? Já pensou que em uma caixinha de néctar (em embalagem de "suco") há mais açúcar do que a quantidade recomendada para um adulto consumir em um dia inteiro? Como o assunto dos projetos do quinto an...